bernno 715e1José Bernnô e a tela que passa a fazer parte do acervo da Pinacoteca de SP Créditos: Fernando Godoy / Divulgação

O artista José Bernnô (1949 – 2009), que neste ano ganhou individual na Galeria Estação, com curadoria de Marcos Giannotti, acaba de ter uma de suas obras inserida no acervo da Pinacoteca de São Paulo. O trabalho foi doado pela galeria, mas como de praxe, passa por um comitê exigente para ser ou não aceita. Portanto, não é fácil pertencer à prestigiada coleção. Bernnô, cuja formação se deu em uma oficina mecânica no Bairro do Limão, faz lembrar o pintor do Cambuci, Alfredo Volpi. “O artista nunca procurou uma pintura refinada e, em seu trabalho, linha, cor e matéria bruta parecem estar um pouco fora da ordem, com cores que desempenham papel ativo no espaço pictórico, criando um simbolismo hermético, distante da representação da natureza”, conta o curador. Bravo!

30 últimas notícias