Francisco Aurélio de Figueiredo e Mello

1856 - 1916

Escultor, desenhista, caricaturista. Francisco Aurélio de Figueiredo e Mello (Areia PB 1854 - Rio de Janeiro RJ 1916) estuda na Academia Imperial de Belas Artes, Aiba, no Rio de Janeiro, sob a orientação de seu irmão, o pintor Pedro Américo, e de Julio Le Chevrel.

 

 Em 1871, publica suas primeiras caricaturas no Rio de Janeiro, em A Comédia Social. Colabora como caricaturista na Semana Ilustrada, 1873 e 1875. Entre 1876 e 1878, reside em Florença (Itália) e trabalha no ateliê do irmão, estudando com Antonio Ciseri, Nicola Borabino e Stefano Ossi, pintores de história, gênero e retrato. Entre 1878 e 1879, colabora com o periódico Diabo a Quatro, em Recife. Vence um concurso instituído pela Folha Nova de São Paulo com o romance Missionário. Recebe o título de Cavaleiro da Ordem da Rosa, no Rio de Janeiro, em 1884. Expõe individualmente no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, em 1912.

 Entre as mostras das quais participa, destacam-se Desenho Figurado, na Aiba, Rio de Janeiro, 1871; Exposição Geral de Belas Artes, Rio de Janeiro, 1884; Retrospectiva, no Museu Nacional de Belas Artes, MNBA, Rio de Janeiro, 1956; Retrospectiva da Pintura no Brasil, no MNBA, 1948; Um Século de Pintura Brasileira, no MNBA, 1952; Bienal Internacional de São Paulo - Sala de Paisagem Brasileira até 1900, São Paulo, 1953; Dezenovevinte - Uma Virada do Século, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, Pesp, 1986.